Osteoporose

Produtos encontrados: 20 Resultado da Pesquisa por: em 616 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 20 Resultado da Pesquisa por: em 616 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Osteoporose

Considerada uma doença silenciosa, a osteoporose se caracteriza pela acelerada perda de massa óssea. Essa enfermidade, que não tem cura, costuma ser a maior causa de fraturas de fêmur.

A osteoporose costuma acometer principalmente as idosas, mas também pode se manisfestar em homens e mulheres de meia idade.

Diferença entre osso saudável e com osteoporose

Menopausa
é um sinal de alerta

A partir do momento que a mulher para de menstruar, é preciso ir periodicamente ao ortopedista. Isso porque a falta de estrogênio no corpo torna os ossos mais frágeis. Dessa forma, quedas podem se tornar muito mais perigosas. Por esse motivo, quem está na menopausa precisa redobrar a atenção com a saúde dos ossos.

Homens não estão
livres da osteoporose

A redução da absorção de cálcio, além de outros sais minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo resulta em ossos mais fracos. Por esse motivo, os homens também podem sofrer com a osteoporose, embora seja maior o número de mulheres com essa doença.

Estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que após os 50 anos, 1 em cada 5 homens irão sofrer fraturas relacionadas à doença. Já a proporção entre as mulheres da mesma idade é de 1 em cada 3.

Fatores de Risco
  • Sedentarismo
  • Pele branca
  • Tabagismo
  • Leucemia
  • Linfoma
  • Artrite reumatoide
  • Déficit de vitamina D
  • Alcoolismo
  • Diabetes
  • Fazer uso de certos medicamentos (hormônio para tireoide, heparina anticonvulsivantes e glicocorticoides)
Sintomas
  • Fraturas de ossos e vértebras
  • Maior facilidade de quedas
  • Problemas respiratórios e gastrointestinais
  • Dor crônica
  • Encolhimento
  • Deformidades

Como tratar a osteoporose

Após ser diagnosticada a doença, o paciente precisa visitar o ortopedista regularmente. O médico prescreverá remédios para osteoporose como, por exemplo, o ranelato de estrôncio (que reduz o risco de fraturas vertebrais e do quadril) e a calcitonina (que impede que a alta concentração de cálcio no sangue). A injeção de teriparatida também costuma ser aplicada em pacientes para diminuir o risco de fraturas ósseas.

ícone para vitamina D

Vitamina D

Muitos pacientes precisam de suplementação de vitamina D, indispensável para a saúde dos ossos. Além disso, é preciso cuidar da alimentação, incluindo leite e derivados no cardápio, além de outros alimentos ricos em cálcio.

ícone para caminhada

Caminhada D

O tratamento não inclui apenas medicamentos para osteoporose, mas também atividades físicas regulares. Embora quem tem a doença tenha os ossos mais frágeis, o recomendado é a prática de caminhada, de preferência no sol da manhã..

ícone para fisioterapia

Fisioterapia

A fisioterapia, aliada à ingestão dos remédios para osteoporose, aumenta muito qualidade de vida do paciente. As sessões com o fisioterapeuta colaboram para fortalecer articulações e músculos. O ideal é ter entre 2 e 3 sessões por semana.

Como prevenir a osteoporose

Para evitar o aparecimento da osteoporose, o ideal é começar a adotar hábitos saudáveis desde a juventude. A alimentação equilibrada e a prática regular de exercícios físicos são a melhor forma de prevenção.

Sol da Manhã

Muitas pessoas deixam de se expor ao sol com medo de desenvolver câncer de pele. Mas os raios solares são responsáveis pela produção de vitamina D em nosso corpo.

Na verdade, o que é encontrado nos alimentos é apenas a Pro Vitamina D. Ela sozinha não é capaz de absorver o cálcio e manter a saúde dos ossos, pois para isso é preciso a presença dos raios ultravioletas. Por esse motivo, é necessário tomar o sol da manhã ou do fim da tarde, por pelo menos 15 minutos diariamente.